Acabou o primeiro lote do volume morto do Cantareira

Acabou nesta sexta-feira, 14, o primeiro lote do volume morto do sistema Cantareira e já retiramos 40 milhões de litros da segunda reserva técnica. A informação está no “Boletim Diário ANA/Daee de monitoramento do sistema Cantareira”.

O volume total de água disponível, considerando o volume útil e a primeira reserva técnica, é de -40 milhões de litros (-0,04 hm3). O número negativo indica que já estamos abaixo do limite do primeiro lote e que entramos na segunda reserva técnica. E o que esse volume representa? 16 piscinas olímpicas. Ou seja, foram retiradas do Cantareira 16 piscinas olímpicas além da primeira reserva técnica.

Para entender a conta: ainda restam 10,8 bilhões de litros da primeira reserva técnica no reservatório Jaguari/Jacareí e 8,8 bilhões de litros do volume útil nos reservatórios Cachoeira e Paiva Castro. Do Atibainha, no entanto, já foram consumidos 19,6 bilhões de litros além da primeira reserva técnica, o que resulta, no balanço geral do sistema, na retirada de 40 milhões de litros da segunda reserva técnica.

Em 12 de julho, esgotamos pela primeira vez o volume útil do sistema Cantareira, que era de 982 bilhões de litros. A primeira reserva técnica, de 182,5 bilhões de litros, foi anexada ao volume total disponível em 16 de maio; A segunda reserva técnica, de 105 bilhões de litros, foi incorporada ao volume total em 24 de outubro.

 

Veja abaixo a tabela divulgada pela ANA hoje:

ANA 14:11 1o volume morto ZERADO

Veja no gráfico o que resta do Cantareira:


Leia também: o que pode acontecer com o sistema Cantareira em 2015

Posted in Ambiente and tagged , , .